Aerojota
aerojotaclassificados Aerojota
(11) 94733-7020 Aerojota
(11) 3771-5737 Aerojota

PLN, VFR, WhatsApp, INCERFA, ALERFA, DETRESFA. / Piloto Ruy Flemming

E se alguma coisa não funcionar como deveria?


PLN VFR, WhatsApp, INCERFA, ALERFA, DETRESFA


E se alguma coisa não funcionar como deveria? Como o pessoal do SAR vai nos encontrar?

Vou fazer uma pergunta antes disso: pra que serve um Plano de Voo?

Se vc responder que é pra  coordenar voos e acionar o serviço de busca e salvamento, tenho a impressão de que acertou.

A Cmte Jovilde decolou de SBSP, com Plano de Voo VFR pra pouso em Americana e infelizmente não concluiu o seu voo. Quem acionou o SAR foi o marido dela.

E se a gente tiver que pousar forçado entre Laranjeiras e Paraty, ou entre Paraty e Angra, quem vai notar a nossa falta?

A gente sabe que as AIC N 15/16 e 16/17 prevêm a isenção da apresentação de PLN VFR nesses dois casos que mencionei e em inúmeros outros.

Ainda assim, tem piloto que tem a convicção de que, ao apresentar um PLN VFR, será encontrado num prazo menor, no caso de não concluir o voo como esperava.

Me perdoa o mal jeito, mas a resposta é não. A autoridade pode até saber da nossa intenção de voo (PLN), mas não tem como saber se decolamos ou não e se pousamos ou não.

O PLN é extremamente eficiente para efeito de coordenação e serviço SAR qdo é IFR.

No voo VFR auto-coordenado, o PLN não tem razão de existir na maioria absoluta das ocasiões.

- Então vou sempre chamar o Controle!

Se o voo não for 100% controlado, esquece.

O infortúnio pode acontecer com qlqr um de nós. Como a gente pode se safar?

- Fonia. Alguém pode lembrar de ter ouvido nossa mensagem de posição. Se essa informação chegar ao SAR será de fundamental importância.

- ELT. Se houver uma desaceleração que acione o ELT, o sistema de Busca e Salvamento vai atrás da gente. Nós mesmos podemos acionar o ELT.

- Mandar um WhatsApp pra alguém no destino, tipo “pouso na fazenda às 15:45”.

Quer fazer melhor? Compartilha, tbm pelo WhatsApp, a posição. Daí eu sugiro mandar logo um compartimento de oito horas.

Vai saber o que pode não dar certo, né?

O gerente que está esperando lá na fazenda pode olhar pro nosso voo como se fosse um serviço prestado pelo radar do APP ou Centro.

Se a decolagem atrasar muito e a gente não lembrar de avisar, é possível que apareça uma mensagem no celular:

“E aí? Não vem mais pra fazenda?”

Ou pode acontecer de o passageiro ter embarcado e dizer pra gente que mudou de planos:

- Passa antes na fábrica.

O celular vai apitar:

“E aí? Não vem mais pra fazenda?”

Ou pode ser que a trajetória do nosso voo replicada no celular daquele gerente parou de progredir no mapa. E dá a hora e a gente não chega. Passa meia hora e nada. Manda mensagem e nada. O gerente imagina que a gente não teria mais aquela autonomia toda e nada.

O gerente da fazenda, que não conhece nada de aviação, desenhou na cabeça dele aquelas fases de emergência.

Lembra?

INCERFA, ALERFA, DETRESFA.

A gente nem precisa abrir a ICA 100-37 pra mostrar como funciona. Nada mais intuitivo que isso.

Nada mais justo que expandir a isenção de apresentação de um PLN VFR.

Nada mais eficiente que usar a tecnologia que a gente tem nas nossas mãos.

A propósito, se vc não puder compartilhar sua localização com o gerente da fazenda, manda pra alguém, pra qlqr um! Se vc resolver compartilhar comigo, assim que eu perceber que vc tiver pousado, seu celular vai apitar:

- Desliga essa porra pq não quero saber pra onde vc vai depois do voo!

Uma hora isso vira hábito e passa a ser tão importante qto era preencher um PLN. Com a diferença de que é infinitamente mais eficiente.

Bons voos pra gente!

Abraço

Flemming 

Coletivo prá cima. Cíclico á frente!

Piloto de Helicóptero Ruy Flemming, Coronel Aviador da Reserva da Força Aérea Brasileira.

Formou-se na Academia da Força Aérea Brasileira - AFA
Piloto do 1º Esquadrão de Instrução Aérea da AFA - 1º EIA, das Aeronaves T-25 e T-27 Tucano, formando centenas de Pilotos Militares na Academia
Piloto de Helicóptero Bell UH-1H do 2º/10º Gav - Busca e Salvamento - SAR -
Piloto da Esquadrilha da Fumaça entre os anos de 1992 e 1995 como #3 Ala Esquerda e #7 Isolado
Piloto de Helicótpero Agusta 109
Ex-Diretor da ABRAPHE - Associação de Brasileira de Pilotos de Helicópteros -

Autorizou transcrever seus artigos, causos, dicas e curiosidades aeronáutica de asa fixa ou rotativa. Para acompanhar o Aviador Ruy Flemming nas redes sociais, acesse o link a seguir RUY FLEMMING NO AR

GOSTOU? ENTÃO NÃO DEIXE DE ACOMPANHAR TODOS OS DIAS NESTA COLUNA MAIS UMA GRANDE HISTÓRIA!

Para ler mais causos, curiosidade e dicas de aviação, siga RUY FLEMMING no site AEROJOTA.

Curta nossa página no Facebook AeroJota Classificados  nosso site AEROJOTA, ou Instagram @aerojota onde você encontra classificados de produtos, serviços aeronáuticos, filmes, fotos de aviões, dicas  e tudo que seja de interesse ao público aeronáutico. Aqui você também pode divulgar qualquer coisa voltada à comunidade aeronáutica. É fácil e grátis.

Compartilhe:

Compartilhe:
Mais Notícias
  1. Copyright ® 2016 AeroJota - Todos os direitos reservados
  2. |
  3. Produtiva WD